Mostrando postagens com marcador crepusculo. Mostrar todas as postagens

 Stephanie Meyer uma dona de casa, que não gostava nem se quer de ler. Criou uma história... Ela arrebatou milhares de leitores á um ro...

 Stephanie Meyer uma dona de casa, que não gostava nem se quer de ler. Criou uma história... Ela arrebatou milhares de leitores á um romance impactante, na série de quatro livros, “Crepúsculo”, O vampiro Edward se apaixona pela humana Bella uma jovem de dezessete anos.
 Mas tudo mudou o rumo, quando o livro, conquistou fãs em todo o mundo. Em 2008 o primeiro livro ganhou um filme inspirado no primeiro livro da série. O filme foi sucesso de bilheteria, desde então quatro livros viraram filmes, a parte 2 do último livro da série, o livro “Amanhecer” ganha estreia em novembro de 2012, o último livro foi dividido em dois filmes, os produtores não quiseram perder nenhum detalhe. Os filmes são produzidos pela Summit.
Outro sucesso da autora, o livro “ A hospedeira” o filme já está sendo produzido e  deve estrear no meado de 2012.



SINOPSE
Melanie stryder se recusa a desaparecer. Nosso planeta foi dominado por um inimigo que não pode ser detectado. Os humanos se tornaram hospedeiros dos invasores: suas mentes são extraídas, enquanto seus corpos permanecem intactos e prosseguem suas vidas aparentemente sem alteração. A maior parte da humanidade sucumbiu a tal processo.
Quando Melanie, um dos humanos "selvagens" que ainda restam, é capturada, ela tem certeza de que será seu fim. Peregrina, a "alma" invasora designada para o corpo de Melanie, foi alertada sobre os desafios de viver dentro de um ser humano: as emoções irresistíveis, o excesso de sensações, a persistência das lembranças e das memórias vívidas. Mas há uma dificuldade que Peregrina não esperava: a antiga ocupante de seu corpo se recusa a desistir da posse de sua mente.

Peregrina investiga os pensamentos de Melanie com o objetivo de descobrir o paradeiro dos remanescentes da resistência humana. Entretanto, Melanie ocupa a mente de sua invasora com visões do homem que ama: Jared, que continua a viver escondido. Incapaz de se separar dos desejos de seu corpo, Peregrina começa a se sentir intensamente atraída por alguém a quem foi submetida por uma espécie de exposição forçada. Quando os acontecimentos fazem de Melanie e Peregrina improváveis aliadas, elas partem em uma busca incerta e perigosa do homem que ambas amam.




"É um livro de ficção científica que não parece ficção científica - é sobre um triângulo amoroso com apenas dois corpos. O que mais gostei nesse livro foi de explorar o amor de ângulos tão diferentes. O amor pela comunidade, pelo próprio 'eu', pela família - o amor romântico e o amor platônico." - Stephenie Meyer.

A Autora
Stephenie Sonnibe Meyer nasceu em Hartford, Connecticut na vespera do natal em 24 de dezembro de 1973, filha de Stephen Morgan e Candy. Ela cresceu em Phoenix, Arizona, com cinco irmãos: Seth, Emily, Jacob, Paul, e Heidi. Ela frequentou a escola Chaparral High School, em Scottsdale, Arizona, e cursou literatura inglesa na Universidade Brigham Young, em Provo, Utah, onde se formou em 1995. Meyer é membro de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias. Conheceu seu marido Christian, mais conhecido por "Pancho", quando era pequena, casou-se com ele em 1994. Juntos, eles têm três filhos: Gabe, Seth e Eli.[1] Após escrever Crepúsculo(Twilight), Stephenie ganhou 3 prêmios: um do NY Times e dois da Associação das Bibliotecas Americanas.

Crepúsculo (Twilight nos EUA), é o seu primeiro romance. Depois da sua publicação, Stephenie foi escolhida como um dos "novos autores mais promissores de 2005" pela Publishers Weekly. O sucesso desta obra lhe rendeu contratos de adaptação para o cinema, produtos e o planejamento de novas obras com a Little, Brown and Company.
Meyer atualmente vive em Cave Creek, Arizona,e possui também uma casa em Marrowstone Island, Washington.A escritora já veio ao Brasil, em novembro de 2010, juntamente da equipe de filmagem de Amanhecer, longa-metragem de que foi produtora oficial.
Meyer ganhou recentemente duas versões de sua biogafia: uma em quadrinhos, feito originalmente pela Bluewater Comics, "Twilight Unbound: The Stephenie Meyer Story", que conta a vida e a inspiração para a saga, a história e as lendas de Forks; e uma outra, não-autorizada, do biógrafo americano Marc Shapiro.

Essa postagem foi elaborada por: 

Contato

NOTA DA REDAÇÃO

E ai meus leitores, gostaram desse post? Bom, confesso que sou um pouco leiga no assunto Crepúsculo, porque eu não li nenhum livro da série e não tenho uma opinião formada sobre o mesmo. A hospedeira eu comprei o livro e está na minha lista de espera...em breve resenha aqui! Por não conhecer  a fundo não postava questões relacionada ao Crepúsculo. Mas, acredito que o Jeremias supriu essa falta que vocês sentiam sobre o assunto aqui no blog. Eu achei um post bem interessante porque hoje em dia livros e filmes caminham juntos e é preciso ter opinião sobre cada um. Parabéns Jeremias...Adorei!
Paloma Viricio