Mostrando postagens com marcador Foucault. Mostrar todas as postagens

O PANOPTISMO - MICHAEL FOUCAULT Somos vigiados através da rede o tempo todo Por Paloma Viricio Michael Foucault  abord...

O PANOPTISMO - MICHAEL FOUCAULT

somos-vigiados-pelo-facebook

Somos vigiados através da rede o tempo todo


Por Paloma Viricio
Michael Foucault aborda no texto O Panoptismo , as novas características da relação entre poder e visibilidade.

Para ele as atuais sociedades substituem o poder soberano pelo poder do olhar.

Vigiar torna-se mais eficaz que punir, já que os indivíduos que não respeitassem alguma lei, ao invés de serem punidos da forma tradicional (prisão ou multas), deveriam ser vigiados e reeducados para após serem inseridos novamente na sociedade.


Foucault então ilustra esse conceito reforçando o pensamento com o exemplo do Panopticon , que seria um modelo de organização das relações de poder nas sociedades modernas.

SOCIEDADES DISCIPLINARES E CONTROLADORAS Por Paloma Viricio Gilles Deleuze aborda no texto Post-scriptum sobre as sociedad...

SOCIEDADES DISCIPLINARES E CONTROLADORAS



Por Paloma Viricio

Gilles Deleuze aborda no texto Post-scriptum sobre as sociedades de controle, sobre Foucault e as sociedades disciplinares nos séculos XVIII e XIX. Em suma, ele mostra as diferenças entre sociedades disciplinares e de controle, comentando as mudanças ocorridas na transição de uma para outra.

SOCIEDADE DISCIPLINAR

Aborda o comportamento dos indivíduos em cada sociedade específica. Na disciplinar o trabalho era voltado para o sistema fábrica, onde a base era produção, salários baixos e pessoas constituindo um só corpo. Esses indivíduos se comportavam como toupeiras de forma ondulatória, funcionando em órbita.

SOCIEDADE DE CONTROLE

Já nas sociedades de controle, a empresa substitui a fábrica. A empresa molda cada salário de acordo com o desempenho de cada indivíduo, fazendo assim, que ele tenha no tempo uma rivalidade.


As pessoas passam a ser cada vez mais individualistas e dividem-se em si mesmos. Nesta sociedade os indivíduos estão mais voltados para serviços e para o mercado, agindo como serpentes, onde o capitalismo é o grande rei. O homem deixa de ser confinado e passa a ser endividado. 


As pessoas passam a ser controladas por uma espécie de coleira eletrônica. Com a modificação das máquinas manuais para as tecnológicas, como o computador e atualmente o Smartphone, o próprio indivíduo através das redes sociais se permite usar essa coleira eletrônica. Afinal, é possível monitorar as pessoas e suas ações facilmente através da internet.

(Gilles Deleuze)


Leia mais de Deleuze



Licença Creative Commons
O trabalho Sociedades disciplinares e controladoras de Paloma Viricio foi licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição - Uso Não Comercial - Obras Derivadas Proibidas 3.0 Brasil.
Com base no trabalho disponível em palomaviricio.blogspot.com.

Obs.: Todos os textos produzidos neste blog são da minha autoria e estão registrados. Se utilizá-los, por favor lembre-se dos créditos.