Mostrando postagens com marcador a filha da minha mãe e eu. Mostrar todas as postagens

Olá docinhos! Venho trazendo para vocês resenha do Livro   A Filha da Minha Mãe e Eu   da autora  Maria Fernanda Guerreiro. O livro foi...

Olá docinhos! Venho trazendo para vocês resenha do Livro  A Filha da Minha Mãe e Eu da autora  Maria Fernanda Guerreiro. O livro foi enviado pela editora parceira do Jornalismo na Alma, Novo Conceito. Eu fiz uma resenha escrita, com notinhas e outra em vídeo para as pessoas que desejam saber do livro de uma forma mais rápida.

Vídeo Resenha  




FICHA TÉCNICA

Páginas: 256
Formato: Brochura
Selo: Editora Novo Conceito
Onde comprar? Livraria Cultura

NOTAS
Capa: 10
Conteúdo: 10
Diagramação: 10
Nota geral: 10 (Muito bom)



Amor de mãe é amor do céu
Por Paloma Viricio

“Não fale assim comigo que sou sua mãe!”, “ Você não trabalha, não te nenhuma outra responsabilidade a não ser estudar, então vê se melhora essas notas!”  Quem nunca ouviu um sermão da mãe levante a mão. É engraçado como as mães agem de forma parecida, ás vezes louca, ás vezes carinhosa, ás vezes nervosa, mas no fundo elas só querem o melhor para os filhos. Umas mimam de mais, outras brigam bastante, mais no final esperam ser para aquele ser indefeso e depois muitas vezes birrento, a mãe mais perfeita do mundo. É bom sentir o colinho materno, mesmo depois de grande e também lembrar com amor e doçura até mesmo as broncas e os puxões de orelha.  Mas, e quando as relações entre mãe e filha são conturbadas e eloquentes?

Com escrita leve e que prende o leitor do começo ao fim, Maria Fernanda Guerreiro, mostra em seu romance de estreia, A filha da minha mãe e eu, como o amor materno e de filha podem superar obstáculos tortuosos. Mas, do que uma trama que aborda relacionamento entre as duas, o livro traz reflexão sobre a união e importância da família como um todo. Marina é irmã de Guga, filha de Tito e Helena. Uma família simples, mas nem por isso menos agitada. Mariana sempre quis mais atenção da mãe e pensava por muitas vezes que Helena não a amava. Por isso, nutria grande afinidade pelo o pai, pois esse além do amor paterno dava á ela maior atenção e amizade. Entretanto, com o passar dos anos e acontecimentos que fariam a família unir-se cada vez mais, Mariana percebe que devemos entender e saber respeitar o modo de cada um ser. 

A capa do livro é divina, a diagramação confortável e o designer como um todo super elaborado e acolhedor. Em 272 páginas, A filha da minha mãe e eu, irá encantar qualquer leitor e emocionar até mesmo aqueles que dizem ter o coração forte como uma rocha. Amar é mais do que dizer, é saber entender as escolhas e atitudes alheias, é saber escutar e falar quando for preciso, e acima de tudo estar ao lado quando mais se precisa. Super indicado e aprovado. Boa leitura!

Licença Creative Commons
O trabalho Amor de mãe é amor do céu de Paloma Viricio foi licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição - NãoComercial - SemDerivados 3.0 Brasil.

Obs.: Todos os textos produzidos neste blog são da minha autoria e estão registrados. Se utilizá-los, por favor lembre-se dos créditos.