'A CASA DAS FLORES - O FILME ' : SPIN-OFF DA SÉRIE THE HOUSE OF FLOWERS NA NETFLIX

by - junho 24, 2021

a-casa-das-flores-o-filme

'A CASA DAS FLORES - O FILME ' : SPIN-OFF DA SÉRIE THE HOUSE OF FLOWERS NA NETFLIX


Por Paloma Viricio

A Casa das Flores (O Filme) é um dos lançamentos de junho da Netflix mais esperados, principalmente pelos fãs da série. O filme é uma espécie de spin-off da série mexicana The House of Flowers.  

La Casa de las Flores: la película é uma comédia mexicana dirigida por Manolo Caro e serve como continuação das três temporadas da série, não renovada pelo Streaming. A produção foi feita para complementar a trama e envolver os fãs, mas isso não impede que você, mero mortal assim como eu,  veja o filme. (Risos)


A Casa das Flores: Um filme complementar

Para aqueles que não viram a série, o filme é um braço da trama, mas em algumas partes pode deixar o telespectador confuso. É como se a profundidade de um roteiro normal de filme não existisse, é apenas complemento da série mesmo. 

la-casa-de-las-flores-la-pelicula


Por exemplo, não espere começo, meio e fim como geralmente os filmes possuem. Mas essa é realmente a proposta já que se trata de um spin-off, como disse anteriormente. Isso não impede de assistir, pois basta uns bons 20 minutos para se habituar as personagens, seus perfis e isso fica muito claro. 

Entretanto, A Casa das Flores (O Filme) com certeza é uma produção pensada para os fãs. Sei que a temporada 3 da série deixou saudade e indagações sobre como teria ficado a vida das personagens. Então, o filme terá um impacto muito maior naqueles que viram a série primeiro. 


Humor ácido, típico de A Casa das Flores está presente no filme

Todo momento é perceptível que há um humor ácido em volta do estilo de vida da alta sociedade mexicana, estilo inclusive, bombardeado através das novelas que se popularizaram aqui no Brasil.

Quem nunca viu pelo menos um capítulo de A Usurpadora ou Maria do Bairro não viveu o melhor do entretenimento que a televisão brasileira poderia oferecer há 15 anos. (Risos) Enfim... viva a hipocrisia das vidas ricas, maravilhosas e zero problemas desse povo. Só que não!

the-house-of-flowers-netflix


Inclusive, há uma cena em A Casa da Flores (O Filme) onde Paulina questiona porque as pessoas ricas tem um gosto tão cafona, ao observar a antiga casa da família do vidro da porta. Sim... no filme eles precisam entrar novamente na residência para resgatar um antigo 'tesouro' de família, mas os atuais donos os impede disso. 

Então...o negócio é entrar de qualquer jeito, ou no caso, montar um plano mega cinematográfico para se chegar aos fins. O que é uma marca registrada dessa família, aprontar e aprontar. 


Crítica aberta sobre os padrões da alta sociedade mexicana

O humor contido no filme é bem interessante. Crítico, mas agrada. Há diversas questões ali envolvidas. Desde o afeto sentimental que os irmãos possuem pela babá Delia (Norma Angélica) ou o fato da super proteção de Paulina (Cecilia Suárez) com o filho problemático Bruno Riquelme (Luis de La Rosa).

E por mais de uma vez aparece a frase onde diz que: "Família é Família. O problema não é julgar os membros da sua família. Você os julga porque os ama". Dá até para decorar... mas é muito isso que todos eles fazem ali.

la-casa-das-flores-personagens


Há grande destaque também para o casal gay no filme, Julián (Dario Yazbek Bernal) e Diego (Juan Pablo Medina). Eles tiveram um bebê com a ajuda de Elena (Aislinn Derbez) e tudo mudou na vida da família, principalmente na personalidade de Julián. Vemos o rapaz sendo o típico papai coruja e se preocupando bastante com o filhote. Por vezes, em excesso o que faz Elena ficar bicuda com frequência. Mas é bem legal ver a união do casal Julián/Diego mesmo com as brigas e dificuldades. 


A casa das Flores: Série ou Filme?

O foco do filme fica somente no resgate do tesouro. Mas também entra no passado e disseca o assassinato de Pato, amigo íntimo de Virginia e Ernesto, pais dos irmãos. Eles tentam conseguir uma confissão do assassinato do amigo. Isso gera cenas e situações ocorridas na família na década de 80.

virignia-e-ernesto-la-casa-das-flores


É um filme interessante, raso se comparado com as informações da série, mas super normal, até por uma questão de proposta e tempo. É algo complementar mesmo, mas pode ser também porta de entrada para quem não assistiu A casa das Flores

Se a Netflix irá renovar a série no futuro, não sabemos! Até porque tudo é tão incerto no cenário da sétima arte, mas caso isso não aconteça ainda há esperança de termos mais spin-off's da série. O final do filme deixa isso em aberto e nos faz pensar... Tá, né? Por que não?

Licença Creative Commons
A Crítica A Casa das Flores- O Filme: Spin-off da série The House of Flowers na Netflix de Paloma Viricio foi licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição - NãoComercial - SemDerivados 3.0 Brasil.

Obs.: Todos os textos produzidos neste blog são da minha autoria e estão registrados. Se utilizá-los, por favor lembre-se dos créditos.

You May Also Like

12 comments

  1. Ainda não conhecia a série e o filme mais pela sua resenha achei o filme e os personagens bastante interessantes, fiquei com aquela vontade de assistir, bjs.

    ResponderExcluir
  2. Puxa vida, eu nem conhecia o filme nem a série. Vou ter que dar um confere. Sua resenha me deixou instigado.

    ResponderExcluir
  3. Nao conhecia. Obrigada pela partilha e sugestão. Uma ótima dica para assistirmos.

    ResponderExcluir
  4. Estou doida para assistir aqui já, vou procurar esse filme.

    ResponderExcluir
  5. Eu não vi a série mesmo conhecendo, mas fiquei curiosa para ver o filme!

    ResponderExcluir
  6. Nunca tinha ouvido falar nem da série nem do filme. Mas fiquei curiosa em ver o filme.

    ResponderExcluir
  7. Nunca tinha ouvido falar nem da série nem do filme. Mas fiquei curiosa em ver o filme.

    ResponderExcluir
  8. Não conhecia a série nem o filme, teu post me deixou curiosa, vou ver se consigo assistir os dois.

    ResponderExcluir
  9. oi!
    Eu adorei a sugestão :D já ouvi falar mas ainda não assisti, parece ser bem interessante.

    ResponderExcluir
  10. Oie, tudo bem? Eu sabia que já tinha ouvido falar desse nome antes. É por causa da série então. Lembro de ter assistido um ou dois episódios mas não cheguei a terminar. Concordo com você, creio que a série deve ter se aprofundado bem mais do que o filme. Não sabia que era do México. Espero assistir em breve. Um abraço, Érika =^.^=

    ResponderExcluir
  11. Acho que vou passar o filme, mas sua resenha está incrível.

    Boa semana!

    Jovem Jornalista
    Instagram

    Até mais, Emerson Garcia

    ResponderExcluir
  12. Olá Paloma, tudo bem?

    Não conhecia a série e nem o filme, mas já fiquei curiosa para conferir ambos, pois acho que iria gostar, que seria interessante. Como um filme complementar, creio que essas informações vagas acabam fazendo parte, pelo contexto. Adorei saber tua opinião, arrasou demais, como sempre!

    Beijos!

    ResponderExcluir