Mostrando postagens com marcador Bookaholics. Mostrar todas as postagens

Esse ano que passou foi bastante desafiador. Não consegui ler nem metade do que havia planejado para o não que se foi. Li um total de 22 liv...

melhores-livros-de-2020

Esse ano que passou foi bastante desafiador. Não consegui ler nem metade do que havia planejado para o não que se foi. Li um total de 22 livros, geralmente leio 40 ou 50 livros por ano. Mas, eu me dou um desconto.

Entendo que tive que me adaptar ao Home Office, precisei ter mais tempo dedicado a alguns projetos pessoais, acredito que tudo aconteceu exatamente como deveria ter acontecido.

Por isso, trago um Top 05 com as melhores leituras de 2020. Uma espécie de retrospectiva do que consegui ler. Espero aumentar a lista agora em 2021, sem metas loucas ou exageros. Quero aproveitar e desejar um lindo começo de ano para todos. Que esse ano regido por Vênus possa trazer amor e luz para nós.

metas-leitura-skoob

























111- VERITY - COLLEEN HOOVER

verity-colleen-hoover


Esse foi uma das minhas melhores leituras sem tirar nem por. Fazia tempos que não lia um livro tão bom quanto esse. Eu amo suspense, acredito que a autora fez muito bem seu trabalho nessa obra. Ela é maravilhosa em tudo que se propõe a fazer e amo isso. É um livro que mexe bastante com o psicológico do leitor.

2-    PROIBIDO – TABITHA SUZUMA

proibido-tabitha-suzuma


Gente... esse livro foi uma leitura muito intensa. Lembro que tive que parar diversas vezes e respirar fundo. Foi muito interessante ver o ponto de vista sobre o tema sendo abordado pelas personagens que o viveram. É um livro forte e que também mexeu bastante com meu psicológico e sentimentos.

3-    O DIÁRIO DE ANNE FRANK- ANNE FRANK

o-diario-de-anne-frank


Desde a adolescência, sou louca para ler esse livro. Cheguei a pegar o mesmo na biblioteca municipal da minha cidade quando tinha 14 anos. Por motivo de correrias de provas eu tive que devolver sem ler.

Já tinha O diário de Anne Frank há um tempo aqui na estante, mas nunca havia pegado e resolvido ler. Até que um belo dia eu o fiz... lembro que fiquei uns 2 ou 3 meses com essa leitura. Não porque era chata, ou estava com pouco tempo, mas porque não queria deixar Anne partir. Ela virou uma espécie de amiga, estranho, mas fiquei viciada em suas confissões.

4-    LARANJA MECÂNICA – ANTHONY BURGESS

laranja-mecanica-anthony-burgess


Ah... meu Deus como eu amei esse livro! Ele foi indicado ainda nos tempos da faculdade. Um professor nas aulas de teoria da comunicação nos indicou e lembro que esse livro nunca saiu da minha mente. 

Procurei para ler na época e era caríssimo para meu orçamento limitado de universitária. Consegui adquirir em 2019, logo quis ler o mais rápido possível. Não errei em nada. Eu amei todas as sacadas do autor, a linguagem que ele criou, as personagens, as críticas ácidas a sociedade. Foi uma leitura Power!

 

5-    ORGULHO E PRECONCEITO – JANE AUSTEN

orgulho-e-preconceito-jane-austen


Esse também era outro livro que queria ler desde os tempos da faculdade, mas nunca pagava. Acho que já estava aqui na minha estante há uns 5 anos. Eu amei! Confesso que inicialmente foi uma leitura lenta, mas com certeza ele merece o posto aqui no Top 05. Jane criou uma trama linda, super reflexiva. Que aponta o lado bom e ruim da sociedade da época, seus costumes e manias. Ela criou uma romance doce na medida certa, mas tão verdadeiro que parece real. Talvez o seja de alguma maneira.

reader-asthetic


Espero que tenha gostado desse Top 05 melhores leituras de 2020. Confesso que foi uma seleção bem difícil de fazer. Outros livros também mereciam estar por aqui. Acredito que li pouco, mas que foram ótimas leituras. Aproveitei para pegar livros que queria ler por muito tempo e por algum motivo adiava.

Estou feliz por conseguir praticar o minimalismo quanto a livros e não comprar compulsivamente como antes. Tive ótimos progressos. E você já leu algum livro dessa lista? Qual deles gostaria de ler?

Beijos!

Quem melhor para entender um bookaholic do que outro bookaholic, não é verdade? É difícil entender os bookaholics, mas não é difícil ...


Quem melhor para entender um bookaholic do que outro bookaholic, não é verdade?

É difícil entender os bookaholics, mas não é difícil reconhecer um. Eles estão sempre com o rosto enfiado em um livro, não sai de casa sem um livro embaixo do braço e vivem dentro de livrarias.

Para não entrar em abstinência quando não tem livros novos para ler, relem seus livros favoritos sem se importar por já saber o que acontece do inicio ao fim. Cada vez que leem, interpretam de uma forma diferente, sentem uma coisa diferente... E isso tudo, faz com que pareça que estão lendo pela primeira vez. Nunca cansam de se apaixonar, de sofrer e de se decepcionar pela mesma pessoa. Nunca cansam de enfrentar seu inimigo e correr perigos. Enfim, nunca cansam de ser aventurar.

E se não bastasse ler, eles querem ter os livros. Principalmente quando amam o livro. Isso é uma das principais coisas que as outras pessoas não entendem. “Se já leu o livro, por que querer comprar?” A resposta é simples: sempre que quiserem reler o livro, o terão nas mãos. Não deixam, é obvio, de ler um livro só por não ter condições de comprar, porque o mais importante é ler, afinal.

Surtam ao verem quando será lançado um livro do seu autor preferido. Deixam de comprar outras coisas só para compra-los. Quando está faltando um livro na sua estante, já dão falta só de olhar. Sabem quando mexeram ou trocaram um livro de lugar. E principalmente, morrem de ciúmes de seus livros.

Sim, sentem ciúmes de seus livros como se fossem pessoas. É só maltratar, um pouquinho que seja um de seus livros que rapidinho você entra na Lista Negra.  E quando pedem um livro emprestado? Alguns não emprestam de jeito nenhum, outros emprestam com um aperto no coração, mas certos livros não emprestam de jeito nenhum. A não ser que tenha total confiança na pessoa e sabe que ela tratará seu bebê muito bem.

Para os bookaholics, os livros são seus bebês, suas joias raras. Tire o que for de um boookholic, mas não tire seus livros porque o mundo acaba para eles.  Sem contar que, quando a história está muito legal, os bookaholics chegam a ficar acordados até tarde ou viram a noite só para terminar de ler o livro e descobrir o final da história, mesmo tendo que estudar ou ir trabalhar bem cedo no outro dia.

É claro que, nem todos os bookaholics são assim, mas a maioria é. Depende da pessoa, do tempo que começou a ter essa paixão pelos livros... De vários outros fatores.Você é um bookaholic? Sim? Tem os hábitos/vícios citados acima ou tem um que não foi citado? Nos conte através de um comentário! Estaremos aguardando.

Esse foi meu primeiro post aqui no Jornalismo na Alma e espero que tenha gostado. Até semana que vem pessoal!

Essa postagem foi elaborada por: 


Contato
NOTA DA REDAÇÃO

Amei o post da Heloísa. Ela trouxe um pouco da super criatividade que ela coloca no blog dela para o Jornalismo na Alma. Isso é ótimo. Parabéns! Além das belas imagens para ilustrar o post, ela soube trazer algo super diferente e interessante para a coluna. Admiro muito isso nas pessoas...criatividade, inovação. Tenho que confessar que sou uma Bookaholic e ri muito cada vez que lia uma descrição porque parece que a Heloísa fez um texto sobre euzinha! Estou muito feliz com as postagens dos colunistas, pois estão sendo de muito valor para o blog e os leitores, vocês não concordam?
Paloma Viricio